@valeriabursztein

Cresce o número de longevos na saúde suplementar do Brasil

Alta se deu principalmente pela pandemia. Corretora IX8, marca expositora da Longevidade Expo+Fórum, explica os pontos que devem ser observados na hora de contratar um plano sênior

A chegada da pandemia do Covid-19 aumentou a preocupação dos brasileiros em relação à saúde, especialmente do público 59+. Em 2021, a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) fechou o ano com a maior alta no número de beneficiários desde 2016, alcançando 48 milhões de pessoas com planos de saúde no Brasil. A expansão foi maior entre quem tem acima de 59 anos, grupo que mais foi vítima do coronavírus no início da pandemia. Para atender essa demanda o mercado vem oferecendo cada vez mais soluções e modalidades de atendimento pensadas para o público sênior.

Ainda de acordo com os dados da ANS, entre março e dezembro de 2020, o número de beneficiários 59+ nos planos coletivos empresariais subiu 3,8%, contra 2,36% na faixa-etária abaixo dessa idade. Nos planos coletivos por adesão, o número de beneficiários idosos aumentou 1,84%, contra 1,23% entre os mais jovens. Já nos planos individuais e familiares, houve aumento de 2,65% no índice de maiores de 59 anos atendidos, enquanto houve queda de -0,9% entre os mais jovens. 

Para os longevos que querem contratar um plano de saúde, a recomendação é ter atenção com os serviços oferecidos. Ao passar dos 59 anos, o beneficiário não consegue mais adesão aos planos tradicionais, tendo que recorrer às opções seniors. Esta modalidade se encaixa melhor às necessidades desse grupo, porém, é preciso estar atento aos tipos de cobertura e extensão territorial.

Apesar de serem os mais adequados, a grande maioria dos planos de classificação sênior têm serviços limitados e atendimento com menor extensão pelo território brasileiro, logo, a família e o longevo precisam avaliar se a infraestrutura mais próxima atende às necessidades ou não”, explica Andreia Reys, corretora de seguros da IX8 Corretora.

 

O que preciso saber ao contratar um plano para pessoas 59+? 

De acordo com Reys, ao contratar um plano de saúde sênior é importante verificar a rede de atendimento em suas categorias, para identificar qual o tipo de serviço prestado por cada unidade, por exemplo, atendimento hospitalar, pronto atendimento, internação, ambulatório e clínicas. É crucial identificar se o plano oferece atendimento emergencial próximo à residência do longevo. Compatibilizar rede clínica com laboratórios também é outro ponto de destaque, pois serviços de análises clínicas e de diagnósticos com qualidade são fatores indispensáveis para esse público. “É importante também entender a política de serviços complementares e terapêuticos do  plano, muitos hoje em dia contam com equipes multidisciplinares e profissionais na área de qualidade de vida para o público longevo, que podem ajudar no estímulo de atividades, fisioterapias, entre outros”, destaca Andreia. 

O maior obstáculo para quem busca esse serviço ainda é o custo. “Trata-se de um produto de custo elevado, direcionado a um público cuja margem financeira se estreita à medida que a idade aumenta, esse aliás, é o grande desafio das operadoras de saúde: oferecer qualidade com baixo custo”, enfatiza Andreia. O paciente sênior demanda estruturas físicas específicas, bem como profissionais com outras qualificações. Além disso, o longevo geralmente tem um tempo de internação maior do que pessoas mais jovens e a lei garante também um acompanhante em tempo integral durante a internação, fatores que acarretam custos para as operadoras e que, automaticamente, são repassados ao consumidor final.

Com a movimentação causada no setor após a pandemia, o mercado já estuda possibilidades para solucionar essa questão, como a verticalização do serviço pelas operadoras com associação e parcerias com outras empresas e comunidades do segmento. Além disso, a telemedicina também trouxe mais inovação e opções de atendimento para esse público. 

As qualificações e as ofertas de planos de saúde e demais seguros para os longevos é um dos temas da Longevidade Expo+Fórum, que acontece em setembro em São Paulo. A IX8 Consultoria e Corretora de Seguros participará pela primeira vez do evento com seu portfólio de serviços seniors voltados para a saúde. “Estamos com uma expectativa altíssima em participar desse grande encontro de longevidade. Hoje em dia, o público 60+ tem uma preocupação muito grande com saúde e bem-estar e, por conta disso, a procura de planos de saúde para esse grupo aumentou. Somos especialistas no atendimento dessa faixa etária e queremos levar ótimas opções aos visitantes da Longevidade Expo”, destaca Jefferson Muller Arrivabene, 39 + e supervisor da empresa. 

Quer saber mais? A IX8 Corretora participará da Longevidade Expo +Fórum, que acontece de 29 de setembro a 1 de outubro no Centro de Convenções Rebouças, em São Paulo. Clique aqui e inscreva-se para participar .