@valeriabursztein

Sementes, cascas e talos de alimentos: Nunca despreze esses nutrientes

Cascas, sementes e talos de alimentos são super nutritivos

Desperdício? Nem pensar! Em tempos difíceis com a volta do Brasil ao mapa da fome, é fundamental zelar pelo consumo consciente e aproveitar tudo que for possível dos alimentos. 

Vamos lá: Que tal repensar o aproveitamento integral dos alimentos? Para começar, há 3 bons motivos para isso: o primeiro, claro, é a parte da nutrição. O Ministério da Saúde garante que cascas, sementes e talos contêm 40 vezes mais nutrientes do que a própria fruta, verdura ou legume. 

O segundo envolve economia doméstica e sustentabilidade, já que ambas impactam muitíssimo na redução do desperdício. E o terceiro é a possibilidade de “inventar” novos e deliciosos pratos além de mudar o cardápio com frequência. Partes que até então eram descartadas, passam a ser peças-chave na cozinha.

Quer dicas? Lá vão elas:

Talos:  Picados ou triturados, são muito bem-vindos em massa de bolos, pães, panquecas, ensopados, molhos, omeletes. 

Cascas: de laranja, tangerina e maracujá são ótimas para geleias. As de maçã e mamão podem ser excelentes para serem batidas com vitaminas de frutas. Ah, e tem os chás que ficam saborosos com cascas de abacaxi, maçã, melancia e laranja. A casca da laranja tem 40 vezes mais cálcio do que a polpa.

Sementes:  É só dar uma “torradinha” no forno e elas podem ser misturadas à farinha na hora de preparar bolos, pães e biscoitos. 

Atenção!  O Ministério da Saúde alerta que o talo da mandioca não deve ser aproveitado, pois pode ser tóxico.

Vale checar o teor dos nutrientes das frutas (fibras e Vitamina C)

O grande desafio é conscientizar a população e vencer o preconceito do uso integral de vários alimentos nas refeições. Por isso, como formiguinhas, nós todos podemos ajudar muito nisso, no papo com amigos e familiares, com troca de receitas e tudo mais!!!

Vida no campo

Antigamente, a grande maioria das pessoas vivia no campo, cultivava sua horta e era muito próxima da comida. Isso porque elas podiam acompanhar o crescimento das frutas e verduras, sabiam quais plantas eram venenosas e os benefícios de cada uma delas.

A vida no campo sempre foi um aprendizado valioso

E assim, de geração em geração, era possível ter contato direto com os alimentos e saber tudo sobre a boa e saudável alimentação. Mas com a migração para as pequenas, médias ou grandes cidades, esses costumes foram esquecidos, e tomar chá de casca de laranja, por exemplo, passou a ser hábito apenas dos mais velhos.

Vamos aos fatos

Confira agora algumas partes dos alimentos que podem ser utilizadas para o consumo:

Cascas: de batata inglesa, tangerina, laranja, mamão, banana, maçã, beterraba, melão, maracujá, abacaxi, goiaba, manga e abóbora.

Sementes: de abóbora, melão e jaca.

Folhas: de cenoura, beterraba, batata doce, nabo, couve-flor, abóbora, brócolis e rabanete.

Talos: de couve-flor, brócolis, espinafre, agrião e beterraba.

Entrecascas: de melancia, melão e maracujá.

É vital saborear os alimentos integralmente

Benefícios do aproveitamento de cascas, sementes, folhas e talos

  • Mais nutrientes concentrados
  • Economia no orçamento familiar
  • Variação do cardápio
  • Redução de lixo orgânico
  • Consumo consciente

Segue uma RECEITA simples e saborosa

Geleia de casca de banana

Ingredientes:
• 1 kg de casca de banana
• 1 kg de açúcar
• 1 colher (sopa) de caldo de limão
• 1 xícara (chá) de água

Modo de Preparo:
Cozinhe as cascas com água e quando amolecer, bata no liquidificador. Coloque depois em uma panela, acrescente o açúcar e o limão e leve de volta ao fogo para cozinhar. Mexa de vez em quando no início, e depois mexa sempre até soltar do fundo da panela. Retire e deixe esfriar.

Bom proveito !

Fontes:

Alimentação em foco

Unimed

https://www.unimed.coop.br/web/cerrado/atencao-a-saude/boletim-ativo-online/o-que-voce-faz-com-as-cascas-sementes-e-talos-

Nutrição Prática e Saudável

http://www.nutricaopraticaesaudavel.com.br/nutricao-e-saude/raspas-e-restos-me-interessam/

Área de Mulher

(Imagens : Divulgação)