@valeriabursztein

Viola Davis, 56+: Da dor extrema ao resgate pela arte

Tradução, redação e edição

Analu Oliveira – 79+

www.longevidade.com.br

Viola, uma atriz hoje vitoriosa, sofreu a pobreza extrema na infância

Sim, gente! É uma autobiografia de arrebentar a alma.

Em Busca de Mim”, que acaba de ser lançado no Brasil é o livro de memórias escrito pela atriz Viola Davis durante a pandemia, em momento de isolamento. Viola, que foi considerada por duas vezes pela revista Time como uma das 100 pessoas mais influentes do mundo, conta sua história para sanar as feridas e libertar a garota negra que foi muito “xingada” na infância.

As agressões aconteciam tanto na escola quanto dentro de casa, mas Viola sempre mostrou grande resiliência e deu a volta por cima. Aos 9 anos fez o primeiro trabalho artístico e percebeu que ali estaria sua cura: NA ARTE ! Sua graduação foi na Julliard School – a mais conceituada universidade de artes dos Estados Unidos e os personagens lhe deram a chance de exorcizar seus demônios. Casou-se com Julius e adotou a menina Genesis. No final da biografia, e aí vai um spoiler, ela diz: “A escultura imperfeita, mas abençoada, que é Viola, ainda está se desenvolvendo e sendo lapidada. Meu elixir? Não tenho mais vergonha de mim mesma”.

Viola com o marido Julius e a filha Genesis

Documentário na NETFLIX

Oprah e Viola: Um evento especial Netflix é uma entrevista de Viola Davis à Oprah Winfrey onde a atriz negra mais indicada ao Oscar, fala sobre felicidade e vulnerabilidade. O diálogo de abertura é impactante principalmente para as mulheres negras – muitas vezes invisíveis. Foi um belo encontro entre duas mulheres negras, como irmãs!

Viola e Oprah, uma conversa difícil e comovente na Netflix

Na conversa, Viola compartilha sua trajetória e proporciona um aprendizado comovente a todos, com valiosas lições de como alcançar o bem-estar necessário para viver de forma plena e com propósito.

Confira:

Vale saber que nossa querida atriz Tais Araujo foi recebida por Viola Davis em 2016, em sua casa em Los Angeles

SOBRE VIOLA DAVIS

Viola Davis nasceu na fazenda de sua avó, em St. Matthews, cidade localizada na Carolina do Sul, no Condado de Calhoun (EUA) no dia  11 de agosto de 1965. É a segunda mais nova de seis filhos e sua mãe, Mae Alice, era uma empregada doméstica, operária de uma fábrica e dona de casa, e seu pai Dan Davis era um treinador de cavalos.

Aos dois meses, Viola e a família foram morar em Central Falls, Rhode Island. A atriz e produtora completou sua graduação na Juilliard School em 1993. Casou-se em 2003 com o também ator Julius Tennon e tem uma filha de 12 anos, Genesis. 

Considerada uma das maiores e mais versáteis atrizes das artes cênicas, Viola começou a carreira no teatro e no cinema em papéis de coadjuvante.. Seus primeiros papéis de destaque vieram pelos filmes Kate & Leopold (2001) e Far from Heaven (2002), e pela série de televisãoLaw & Order: Special Victims Unit da NBC. Em 2001, venceu oTony Award de Melhor Atriz Coadjuvante em peça teatral, pelo seu papel como Tonya na produção original de King Hedley II.

Seu maior sucesso foi no drama Doubt (2008), pelo qual foi indicada ao OscarGlobo de Ouro e SAG Award, todos como Melhor Atriz Coadjuvante. Em 2010, recebeu o seu segundo Tony Award de Melhor Atriz Principal pela sua performance no revival da peça vencedora do Prêmio Pulitzer de Teatro de August Wilson Fences (1983).

Em 2008, no filme Dúvida, Viola interpretou Mrs. Miller e contracenou com Meryl StreepPhilip Seymour Hoffman e Amy Adams. Apesar de ter aparecido em uma única cena, foi muito aclamada pela crítica. Depois vieram muitos outros sucessos e pelo seu desempenho como uma empregada doméstica na comédia dramática The Help (2011) foi indicada ao Oscar de Melhor AtrizGlobo de Ouro de Melhor Atriz – DramaBAFTA de Melhor Atriz, e venceu o SAG Award de Melhor Atriz Principal.

No total, Viola foi indicada a três Oscars. Além de Dúvida, recebeu indicação de Melhor Atriz por Histórias Cruzadas (2012) e ganhou como Melhor Atriz Coadjuvante por Um Limite Entre Nós (2017).   

E vem aí seu mais novo trabalho, um épico a ser lançado em 22 de setembro de 2022! “A Mulher Rei” conta a história memorável de Agojie, uma unidade de guerreiras compostas apenas por mulheres, com habilidades únicas e jamais vistas no mundo, que protegem o reino africano de Dahomey nos anos 1800.

Viola é uma inspiração de força e coragem !

Fontes

Wikipédia

Minas Bem Estar

EhTrend

Correio Braziliense/Estadão

Mundo Negro

O Fuxico

Rolling Stone

Portal Terra

(Imagens: Divulgação)